Luigi Pirandello

Luigi Pirandello foi poeta, ensaísta, contista, romancista, mas a sua notoriedade advém, principalmente, da sua extensa produção para os palcos, especialmente a partir do sucesso internacional obtido pelas encenações da sua obra mais famosa, Seis personagens em busca de um autor (1921).

Dos actos únicos dos primeiros tempos, às “tragicomédias” e à estação final dos “mitos”, o teatro de Pirandello realiza um percurso coerente e rigoroso. Pirandello destrói o estatismo da comédia burguesa de oitocentos. O espaço cénico torna-se dinâmico e conflitual, identificado com a sua visão estilhaçada, olhar acutilante sobre uma época à beira do abismo.

Luigi Pirandello, nascido em Agrigento em 1867, licenciou-se em Bona, em filologia, em 1891. Capuana introduziu-o no mundo cultural romano. Iniciou assim a sua actividade literária e teatral. De 1897 a 1922 dedicou-se ao ensino. Em 1934 atribuíram-lhe o prémio Nobel da literatura.

Morreu aos 69 anos, em 10 de dezembro de 1936, no seu apartamento em Roma. No testamento, pedia que o cremassem nu, sem honrarias, e dispersassem as suas cinzas

Na Companhia das Ilhas