António Vieira

António Vieira nasceu em Lisboa, em 1941.

Trabalhou entre a antropologia biológica, a antropologia fenomenológica e a literatura, raízes que fundamentam a escrita deste ensaio. Formulou um modelo evolucionista da origem da linguagem.

Publicou romances (Doutor Fausto, 2014), contos metafísicos (Dissonâncias, 1999, Olhares de Orfeu, 2013, A Undécima Praga e outros Contos, 2022) e ensaios (Ensaio sobre o Termo da História, 1994, Improvisações sobre a Ideia de Deus, 2005).

No livro O Perceber do Mundo, o Ser e o Saber (2020), traçou as bases de uma teoria do conhecimento, em diálogo com textos de Merleau-Ponty.

Em 2021, a Companhia das Ilhas publicou Viagem pelo Brasil [1999-2000]. Diário de um Escritor Português (com edição brasileira em 2023), em 2022 o livro de ensaios Elogio da Descrença (Prémio de Ensaio Jacinto do Prado Coelho 2023)  e em 2023 Entrevista.

 

 

Na Companhia das Ilhas