Nunes da Rosa – Estudo e antologia

Manuel Tomás (Org.)

Obra Recomendada pelo Plano Regional de Leitura dos Açores

 

Esta antologia não quer substituir a nova edição dos dois livros de contos de Nunes da Rosa, que urge fazer, mas alargar o conhecimento da sua obra desconhecida, tornando-a acessível aos locais, aos regionais e aos nacionais. É a obra de um homem do final do século XIX e da 1.ª metade do século XX que, vivendo no Pico, sobretudo, e um pouco nas Flores, no Faial e na Terceira, nos dá a conhecer a sua época, de tanta precariedade, de tanta confusão política e de tanta falta de educação na formação das gentes, e em que “cortar nas gorduras do estado” de hoje era o mesmo que “cortar nas carnes do estado” desse tempo. Na sua obra jornalística há uma análise perspicaz, acutilante, crítica e carregada de muita e fina ironia, e onde os pontos de contacto com os tempos actuais são bem evidentes.
Houve uma deliberada intenção de privilegiar os jornais fundados e dirigidos por Nunes da Rosa – A Ordem e Sinos d’Aldeia –, publicados na rural freguesia das Bandeiras da ilha do Pico, atestando esse facto, só por si e tendo em conta a época, um real e marcante significado cultural.

 

Excerto

Nunca vimos uma inquietação assim. O burro, um lanzudo filósofo pachorrento, desaparecera desde o domingo e não havia possibilidade de o encontrar. Nem no baldio, nem na serra, nem no mato… O dono queria um anúncio no jornal, pagava fosse o que fosse e remuneraria com generosidade quem lhe trouxesse o pacífico animal.
– Mas, observou, como domingo houve eleições, vou percorrer as assembleias, únicos lugares que ainda não vi… Se o não encontrar, volto para se fazer o anúncio.
Foi e não voltou. O burro fora votar, e perdera-se no caminho.
[“Os burros também votam”]

 

Nota de leitura

Ficha Técnica

ISBN: 978-989-8592-27-9

Dimensões: 14×22

Nº páginas: 320

Ano: 2013

Nº Edição: 23

Género: Ficção/Crónica

PVP: 18 €

Press-kit

Download Pdf

Autor