Corpo triplicado

Maria Brandão

Corpo Triplicado é um conjunto de ficções curtas dedicadas a personagens singulares: um vendedor de bíblias, uma ninfomaníaca literata, um mirone de balcão de bar, uma executiva com tensão pré-menstrual, um individualista na andropausa, um sedutor míope, uma freira perdida em Amesterdão. Personagens solitárias, desconcertantes, delirantes, encerradas num mundo descrente na humanidade, que decorre da observação de um episódio, um padrão comportamental, um parágrafo literário, uma música, uma fotografia. Tédio, desamor, solidão, decadência, desejo, sexo, morte são alguns dos ingredientes servidos a seco, sem ingenuidade, numa linguagem dura, mas elegante, com um ritmo rápido e um humor mordaz.

 

Excerto

Pool day

Reencontrar antigos companheiros de liceu à beira de uma piscina em tudo se assemelha a uma daquelas reuniões revivalistas promovidas para glorificar divertimentos passados e promover triunfos presentes. Só que bastante mais deprimente. Em calção e biquíni, desprovidos de artefactos e com o pé descalço no chão, o sucesso pessoal mede-se, aí, menos pelo investimento em fatos, cortes de cabelo, adornos, sapatos e maquilhagem, e mais pela exposição do corpo. Eles afogueados, bojudos e a ameaçar calvície analisam entre risinhos alarves, coçadelas nos tomates e olhares enviesados as mulheres dos outros, encontrando-lhes sempre detalhes apetecíveis. Elas derrotadas pela maternidade, pelo sofá reclinável e por uma intensíssima Oprah Winfrey escrutinam-se ao milímetro, divididas entre o desejo de encontrar nas outras os mesmos papos, celulite, rugas, estrias, pelancas e gorduras que as atormentam todos os dias e o pânico de perceber entre elas uma cabra de merda com um corpo irrepreensível ao fim de todos esses anos.

Nota de leitura

Ficha Técnica

ISBN: 978-989-8828-51-4

Dimensões: 14×22

Nº páginas: 96

Ano: 2018| Maio

Edição 133

Colecção transeatlântico 029

Género: Ficção – Contos

PVP: 12 

Press-kit

Autor