Nuno Félix da Costa

Lisboa, 1950.
Psiquiatra, professor da Faculdade de Medicina de Lisboa.
Desde 1983 expôs fotografia e/ou pintura individual ou colectivamente.
Publicou Retratos de Hábito, fotografias, na Assírio & Alvim, 1983. Produziu e editou para a Galeria Alda Cortez, o livro Pena Capital, 1993, fotografia. Publicou poesia na & etc: Noutro Sítio, 1995, Panfletarium, 1996, Cinematografias, 1998. O livro Arte Última, de poesia e fotografia, foi editado pela Casa Fernando Pessoa, 1998. Publicou, ainda, Portulíndia, fotografia, 2009, na Córtex Frontal; Catálogo de Soluções, 2010, e Agora Nós, 2012, ambos de poesia, editados também na Córtex Frontal, e o livro de ensaios Estar no Sistema, na Teodolito, em 2019.
Com a Companhia das Ilhas publicou em 2015 o livro de poemas O Desfazer das Coisas e as Coisas já Desfeitas e em 2016 o ensaio Pequena Voz. Anotações sobre Poesia. Em preparação (na Companhia das Ilhas, 2020): A Clínica e a Patologia dos Sistemas (ensaio), Lisboetário (fotografia).

Na Companhia das Ilhas