Alexandre Sarrazola

Arqueólogo, escritor, poeta e dramaturgo, nasceu em Coimbra em 1970 e vive em Lisboa desde 1975.

Publica regularmente ficção e poesia em antologias colectivas desde 2006 (Assírio e Alvim, Averno, Nova Delphi, Jornal Público, Língua Morta, Bíblia, Cão Celeste).

É autor dos livros de poesia Thaumatrope (Averno, 2007), View-Master (Língua Morta, 2013), Fade out [livro terceiro de imagens] (Tea For One, no prelo, 2015) e de ficção Neófitos (com fotografias de Mafalda Capela; Averno, 2014), Um quarto na Pensão Beziehungswahn (livro em co-autoria com Mafalda Capela [fotografia]; Homem do Saco, 2014) assim como da novela Smalloch (com ilustrações de Daniela Gomes Cão Celeste, PW).

Enquanto dramaturgo publicou Domingo (edições moscaMorta, 2012), Retratinho de Guerra Junqueiro (edições moscaMorta, 2013). Em 2014 adaptou para teatro O Som e a Fúria de William Faulkner (teatromosca).

Na Companhia das Ilhas